Inicia curso gratuito de elaboração de projetos no COBG

Dinâmica realizada durante o curso. Fotos: Scheila Sipp

Dinâmica realizada durante o curso. Fotos: Scheila Sipp

Iniciou nesse sábado, 12, o Curso de Elaboração de Projetos Sociais e Culturais das regiões serrana e metropolitana. Os encontros reunirão os Círculos Operários e seus parceiros, somando esforços para contribuir com o processo de excelência das entidades locais e regionais na elaboração de projetos e na mobilização de recursos que serão investidos no desenvolvimento cultural e social.

A iniciativa, de responsabilidade da FCORS, que faz a integração do movimento circulista no estado, acontece em Bento Gonçalves por sua localização estratégica e pelo desempenho do Círculo Operário Bento-Gonçalvense em seleções e execução de recurso da federação, assim como de financiadores locais – como o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica).

A mesa de abertura contou a presença do coordenador da equipe técnica da FCORS e ministrante do curso, Luiz Carlos Stephanou, a representante do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (Cisga), Giana Marcela Lorenzon, asecretária municipal de Habitação e Assistência Social, Rosali Fornazier, representando o prefeito Guilherme Pasin, o representante legal do COBG, Guaraci Valduga Vasseur, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Patrícia Giuriatti, e o administrador do COBG, Paulo Tadeu Rocca Souza.

Mesa de abertura.

Mesa de abertura.

O Curso de Elaboração de Projetos terá uma carga horária de 48 horas/aula, divididas em 6 encontros, que continuam nos dias 26 de abril, 3, 10, 17 e 31 de maio, das 8h30min às 17h30min, de forma totalmente gratuita, no auditório do Círculo Operário (Rua General Gomes, 232), de forma totalmente gratuita.

A FCORS, como organizadora deste curso, tem como objetivo capacitar, no universo relacionado a instrumentos de gestão social, os círculos operários e seus parceiros para a elaboração de projetos sociais e culturais, visando melhorar a qualificação de seus representantes para fortalecer a razão de ser dessas entidades e organizações.

Entre os objetivos específicos do curso, estão:

  • Ministrante do curso, Luis Stephanou.

    Ministrante do curso, Luis Stephanou.

    contribuir com a compreensão sobre o papel do Estado, dos movimentos e organizações sociais nas políticas sociais e seus desafios diante da nova ordem mundial;

  • capacitar os participantes na elaboração de projetos sociais e culturais, principalmente em seus aspectos de redação;

  • vislumbrar novas possibilidades de captação de recursos e potencializar as existentes;

  • e conhecer experiências de outras organizações no campo da elaboração de projetos e gestão social.

Doe o IR ao COBG e saiba como o seu dinheiro é aplicado

Ainda dá tempo! Aliás, sempre é tempo.

Procuramos pessoas que sigam os princípios de solidariedade, comunidade e responsabilidade fiscal para se juntar aos projetos desenvolvidos pelo Círculo Operário. Hoje, o COBG realiza dois projetos sociais, atendendo cerca de 150 crianças e adolescentes diretamente e quase 2.000 pessoas, entre familiares e equipe escolar, indiretamente. Desses projetos, o Projeto Educação e Transformação, que trabalha o desenvolvimento integral durante todo o contra turno escolar, é financiado pelo Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente de Bento Gonçalves – o Comdica.

O Projeto Educação e Transformação, que existe desde 2010 (quando se originou a partir de outro projeto, existente desde 2005, o Plugando para o Futuro), já tem reconhecimento nacional, recebendo por duas vezes consecutivas o selo de semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef. Neste ano, reformulado, o Educação e Transformação está oferecendo a 60 crianças e adolescentes, de sete a 14 anos, atividades socioeducativas no contra turno escolar – manhã e tarde – na sede do COBG e na E.E.E.F. General Amaro Bittencourt, durante toda a semana, de março a dezembro, sendo que, no mínimo, dois grupos de 10 usuários são atendidos por turno. Assim, recebeu um parecer descritivo do Comdica bastante positivo, destacando o “o envolvimento e comprometimento das famílias [...] atingindo pontuação máxima neste quesito”.

Como contribuir

Se você se envolveu com o nosso histórico de atuação com crianças e adolescentes e quer participar como contribuidor desse projeto, doando parte do seu Imposto de Renda Devido, ficamos muito felizes. Você poderá acompanhar pelo nosso site ou pela nossa fan page tudo o que acontece, e, se for do seu interesse, receber e-mails mensais com os relatórios do projeto.

Para realizar a contribuição, vamos simplificar as coisas:

  • Quem pode doar: pessoas jurídicas que fazem apuração com base em lucro real e pessoas físicas que utilizam o formulário completo de Declaração de Ajuste Anual.
  • Quanto podem doar: pessoas físicas, até 6%, e pessoas jurídicas, até 1% do Imposto de Renda Devido.
  • Até quando podem doar: as contribuições podem ocorrer a qualquer momento do ano. Para pessoas físicas que já tenham uma ideia de quanto vão pagar de imposto, recomenda-se a doação de até 6% no ano-base (exemplo: doa-se em 2014 para o ano-base de 2014), e quem prefere calcular o imposto primeiro, a opção é doar até o dia 30 de abril (ou seja, ainda dá tempo de doar em 2014 os valores do ano-base de 2013) 3% do valor de Imposto de Renda Devido.
  • Como depositar a contribuição: a doação será realizada em nome do Fumdica (o Fundo da Criança e do Adolescente), responsável por fazer o repasse às entidades. É só depositar os valores e informar ao Comdica que a indicada é o Círculo Operário :)

Exemplificando

Vamos supor que o seu montante de Imposto de Renda Devido (somando tudo o que deve ser pago à receita antes da restituição) seja de R$ 9.000,00. Se você já fez esse cálculo para o ano de 2014, você pode doar R$ 540,00 (diminuídos, então, do valor a ser pago à Receita) ao Fumdica, pelo ano-base de 2014. Se esse é o montante de 2013, quer dizer que a possibilidade de fazer a contribuição se reduz a R$ 270,00 e só pode ser feita até o dia 30 de abril de 2014, mas levando em conta o ano-base de 2013. Se você quiser, pode doar os dois valores, desde que um para cada ano-base.

E se você já efetuou alguma doação em 2013, por exemplo, R$ 200,00, ainda pode doar até os R$ 270,00 (ou seja, os 3%) até 30 de abril, e incluí-la no ano base de 2013. Agora, se você doou R$ 400,00 em 2013, só pode acrescentar para esse ano-base o valor de R$ 140,00 (já que não pode ultrapassar os 6% totais, que, no caso do exemplo, são R$ 540,00).

Vamos ao operacional

Deposite os valores condizentes ao seu Imposto de Renda Devido na conta nº 73123-4, Agência nº 0181-3 (Banco do Brasil). Envie um e-mail ao Comdica – comdicabg@hotmail.com – solicitando o documento para fins de declaração de doação e informando seu nome ou a razão social de sua empresa, seu CPF ou CNPJ, endereço completo, valor doado, data da doação e a entidade beneficiada: Círculo Operário Bento-Gonçalvense (COBG). E pronto!

Estamos esperando que você esteja na lista dos que fazem o Projeto Educação e Transformação crescer e melhorar a cada ano. Em caso de dúvidas, você pode contatar o seu contador, o COBG ou Comdica – pelos fones 3055 2890 / 3055 2880 / 3055 2760.